CURSINHO PREPARATÓRIO ENEM

ENEM 2020

Calendário:

O Ministério da Educação (MEC) definiu para 17 e 24 de janeiro de 2021 para o Enem impresso e 31 de janeiro e 7 de fevereiro para a versão digital do exame.

O ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é composto por quatro provas, cada uma possui 45 questões, e uma redação.

O Enem considera quatro áreas do conhecimento:

  1. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias:  que inclui as disciplinas de Língua Portuguesa (Literatura, Gramática, Interpretação de Textos e Língua Moderna Estrangeira – Inglês ou Espanhol), a também a produção de uma Redação e conteúdos voltados à Arte.

  2. Matemática e suas Tecnologias: com foco na disciplina de Matemática, abordando temas de Geometria, Álgebra, Raciocínio Lógico e outras variedades da disciplina.

  3. Ciências da Natureza e suas Tecnologias: abrangendo os conteúdos relativos as Ciências Naturais, como Biologia, Química e Física.

  4. Ciências Humanas e suas Tecnologias: a prova relativa a este eixo traz questões relativas à História, Geografia, bem como Filosofia e Sociologia.

Cada uma dessas áreas está voltada para o desenvolvimento de habilidades e competências gerais e específicas de cada área, como: reconhecer e usar linguagens, compreender fenômenos cotidianos e científicos, enfrentar situações-problema, construir argumentação e elaborar propostas de intervenção para pensar e solucionar estes problemas. O conteúdo da prova do ENEM, portanto, avalia essas competências e habilidades a partir da capacidade do candidato de articular seus conhecimentos adquiridos a partir de sua formação escolar.

 

A certificação pelo Enem destina-se, prioritariamente, às pessoas que não concluíram o Ensino Médio em idade apropriada (é preciso ter 18 anos completos até a data de realização da primeira prova), inclusive às pessoas privadas de liberdade e que estão fora do sistema regular. Para obter o certificado, é necessário atingir o mínimo de 400 pontos em cada uma das áreas do conhecimento do ENEM, assim como o mínimo de 500 pontos na redação.

É um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. A nota do ENEM, a partir de 2009, serve como critério classificatório, sendo utilizada nos casos em que a demanda qualificada for maior que a oferta de vagas no país de destino.

Se você não tiver o perfil exigido pelo ProUni, você poderá utilizar o Fies, que é o sistema de financiamento de estudos em que você paga uma parte enquanto estuda e outra parte após a conclusão do curso. Para ter acesso ao Fies, também é necessário prestar o ENEM.

Para estudar em uma instituição de ensino superior particular, de acordo com a sua nota no Enem, você poderá se inscrever no ProUni, desde que tenha concluído seu ensino médio em escola pública ou em escola particular como bolsista.

O Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) é um processo seletivo realizado semestralmente. Dependendo do seu resultado do Enem, você pode conquistar vagas para cursos técnicos em instituições públicas e privadas de educação profissional e tecnológica

Se o seu objetivo é estudar em uma universidade pública, de acordo com a sua nota no Enem, você poderá se inscrever no Sisu, que é o sistema de entrada para diversas universidades públicas em todo o País.

O conteúdo da prova do ENEM avalia competências e habilidades. As competências são as diferentes modalidades da inteligência humana, diferentes conhecimentos que cada um desenvolve em seu aprendizado e que são essenciais para a vida.

Fique por dentro